terça-feira, 15 de agosto de 2017

Sois Terra Escolhida

Resultado de imagem para the seed in mary's womb

Sois terra escolhida 
 E preparada por Deus, 
onde germina o Senhor.
O trigo em Vós semeado 
Tornou-se o Pão da Vida 
E o Vinho da Alegria.

Grandes coisas se dizem de Vós, ó Maria.
De Vós nasceu o Sol da Justiça: Cristo, nosso Deus.

Finalmente consigo publicar a proposta vencedora do último Ad Antiphonarii Aniversarium! O texto, da autoria de Diogo de Figueiredo, adequa-se perfeitamente a acompanhar a Comunhão de várias celebrações marianas. 

O cântico vive do diálogo entre os instrumentos solistas, o Órgão e o Coro SATB, sobretudo na antífona e no refrão. Os versículos são para Coro SATB a capella. Importante na interpretação é manter o fluxo musical constante e deixar um momento se transformar no seguinte sem cortes, excetuando em dois locais: a pausa do compasso 38 da antífona e a chegada à palavra "Deus" no refrão. Aí, sugiro um ligeiro ritenuto, retomando o compasso seguinte a tempo

Podem executar a parte dos instrumentos solistas, indicadas por P.I e P.II, qualquer par de instrumentos que as consigam tocar na tessituras escritas, mesmo que não sejam da mesma família, por exemplo: uma Flauta e um Violino, como foi pedido na proposta.

Para terminar o cântico, quando se canta a antífona, recomendo o final da mesma, sem as anacrusas do Intermezzo I. Também é possível, quando se cantar a antífona, terminar o cântico no final do refrão. 

Espero que gostem!





Partitura Completa


P. I


P. II


segunda-feira, 31 de julho de 2017

Tomai, Senhor, e Recebei

Imagem relacionada

Tomai, Senhor, e recebei
toda a minha liberdade,
a minha memória
e o meu entendimento.
Toda a minha vontade
e o tudo o que eu possuo
Vós mo destes e a Vós o restituo.

Tudo é vosso, disponde.
Pela vossa vontade,
dai-me apenas, Senhor,
o vosso Amor e Graça
que isso me basta.

Hoje, dia da memória de S. Inácio de Loyola, deixo-vos um arranjo para Coro SATB, guitarra e quarteto de cordas de uma oração escrita por ele. Desconheço o autor da melodia.

Este cântico costuma ser interpretado com acompanhamento de guitarra e quis manter esse ambiente começando com uma solista Alto acompanhada a guitarra. Deixo-vos também uma partitura com acompanhamento de órgão para a peça toda. Se não houver guitarra ou quarteto de cordas, o órgão pode substituí-los mas, por favor, não façam o órgão duplicar as cordas, a guitarra ou o coro.

Adequa-se com facilidade a várias celebrações acompanhando a Apresentação dos Dons ou permitindo uma meditação depois da Comunhão.

Foi feito como um pedido especial para um amigo. Espero que gostem!





Partitura Completa

Coro e Órgão

Violino I

Violino II

Viola

Violoncelo

Guitarra

sábado, 29 de julho de 2017

Maria, Tu és a Arca

Resultado de imagem para Maria arc of the covenant

Maria, Tu és a Arca da Aliança
Vives na Glória do Filho que trouxeste no seio.
Avé Maria!

Aqui está mais uma harmonização pedida pelo compositor J. Gonçalves de uma das suas peças. Desta vez: Maria, Tu és a Arca da Aliança, cântico processional adequado à Solenidade da Assunção de Nossa Senhora.

Este arranjo foi feito para um contexto de concerto. Daí a apresentação da melodia do refrão primeiro no Soprano, depois no Tenor e, no fim, novamente no Soprano, mas transposta e com nova harmonia. A sua execução nas celebrações litúrgicas pode ser como está. Também é possível utilizar apenas a última harmonização da melodia (em SolM) transpondo-a para a tonalidade original e alternando com o coro em uníssono nos versículos.

Tinha prometido mais publicações em maio e só agora as apresento. Esta era uma delas. A vida acontece e nem sempre se encontra todo o tempo que queremos para tudo o que queremos fazer. Desculpem!

Espero que gostem!









sábado, 6 de maio de 2017

Rainha dos Céus


Rainha dos Céus, alegrai-vos
Aleluia!
Porque Aquele que mereceste trazer em Vós
Aleluia!
Ressuscitou como disse
Aleluia!
Rogai a Deus por nós
Aleluia!

Deixo-vos uma harmonização feita a pedido do compositor José Gonçalves de uma das suas peças: Rainha dos Céus, a antífona mariana por excelência para o Tempo Pascal. A melodia original está sempre presente na linha do Soprano II. Enriqueci-a com um contraponto crescente que oscila entre texturas a uma, duas, ou até seis partes. 

Algumas indicações práticas. É importante que a divisão entre Soprano I e II seja feita criteriosamente. É necessário encontrar um equilíbrio entre as duas partes de modo que se ouça a melodia mais aguda, mas a melodia mais grave do Soprano seja a mais saliente no meio da textura, uma vez que é a melodia original. Nos últimos compassos, para os coros que tenham um naipe de vozes masculinas maior, a melodia mais grave do Alto pode ser executada pelo Tenor.

Estejam atentos às próximas publicações durante o mês de Maio! 
Algumas surpresas se aproximam...

Espero que gostem!






segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Exultará a Terra Deserta


Exultará a terra deserta, 
exultará a solidão 
e florescerá como o lírio.
O Senhor virá 
salvar com [força e] poder o seu Povo;
veremos a glória do Senhor
e o esplendor do nosso Deus.

Mais um cântico de Advento também harmonizado para Coro SATB e órgão a pedido de Luiz Humberto, maestro do coro litúrgico Capela Musical Altissime Laus. 

Para mim, a ideia musical deste cântico e o despertar que o tempo do Advento nos chama a descobrir, simbolizado no florir de uma flor no deserto. Isto está presente no tratamento polifónico da harmonização, que começa com o coro a uma voz com progressivo desenvolvimento para uma textura a quatro vozes. 

Espero que gostem!